Ora-pro-nóbis - Plantas Alimentícias não Convencionais

A ora-pro-nóbis que no latim significa “rogai por nós”, é uma planta encontrada no Brasil do Rio Grande do Sul ao Nordeste, na Florida (EUA) e no Sul da África.

Uma curiosidade sobre o nome é que por ser comumente encontrada nos quintais das casas de Minas Gerais, antigamente era colhida no quintal de um padre enquanto ele rezava a missa e repetia o refrão em latim “ora-pro-nobis”.

De acordo com a Tabela de Composição Brasileira de Alimentos (TBCA), em 100g de ora-pro-nóbis há 3g de proteína.  Dentre os aminoácidos que compõem estas proteínas, o triptofano é o em maior abundância: um excelente aliado para a produção de serotonina e melatonina, melhorando o humor, controle do apetite e o sono! Por seu alto teor de proteínas também é chamada de ‘’carne do pobre”, muito consumida por grupos populações carentes. Também é a queridinha dos vegetarianos e principalmente dos veganos!

Com relação aos micronutrientes, o que mais chama atenção é a alta quantidade de cálcio, cerca de 500mg por 100g (TBCA), um mineral importante não só na saúde óssea, como na melhora da resistência a insulina e na prevenção do diabetes mellitus tipo 2.

Outros micronutrientes como magnésio, ferro, potássio, zinco, manganês e compostos bioativos, como os carotenoides que são potentes antioxidantes, auxiliam nas fases de destoxificação em que há transformação e eliminação de substâncias tóxicas ao organismo, e os compostos fenólicos, capazes de inibir vias inflamatórias (nfKB) e ativar anti inflamatórias (nrf2) e dessa forma, todas as doenças de caráter inflamatório são prevenidas ou atenuadas, como a osteoartrite, diabetes e psoríase. Outro benefício é proveniente do B-sitosterol, que exerce ação contra câncer de cólon, hepático e de mama.

Por seu alto teor de fibras, tanto solúveis quanto insolúveis, é capaz de auxiliar na saúde intestinal, controle glicêmico, diminuição de colesterol e consequentemente reflete na redução do risco de aterosclerose e doenças cardiovasculares.

Não há restrição de seu consumo.

Aqui no Rio de Janeiro pode ser encontrada em feiras orgânicas e alguns mercados. Uma das formas práticas de se consumir é refogando com cebola e alho, além de se temperar com ervas e especiarias (cúrcuma, curry, orégano), misturando no arroz integral ou até em sucos!

Marque sua consulta para uma avaliação nutricional e receba seu planejamento alimentar individualizado: (21) 2255-6132 / (21) 99845-6132