Maqui Berry: Conheça todos os benefícios deste superalimento

 

A Maqui berry é uma frutinha roxa comumente encontrada no Chile. Pode ser utilizada para o preparo de vinho, chincha (uma bebida alcoólica chilena). Já suas folhas normalmente são utilizadas sob a forma de infusões, com a finalidade de tratar dor de garganta, diarreias, febres, úlceras e na cura de feridas.  É riquíssima em nutrientes e compostos antioxidantes, dos quais se destacam as antocianinas, protoantocianidinas e compostos fenólicos:

Vitamina C: potente antioxidante no combate às espécies reativas de oxigênio, evitando que o colesterol LDL (maléfico, quando em excesso) seja oxidado por radicais livres, e logo, impedindo o processo aterosclerose. É importante na produção de colágeno e potencializa a absorção do ferro não heme, presente nos alimentos de origem vegetal;

Ferro: é importante na prevenção e tratamento de anemia ferropriva! Este tipo de anemia faz com que ocorra a menor produção e conversão de T4 em T3, dois hormônios sintetizados pela tireóide, responsáveis pelo controle do metabolismo, onde a queda destes pode levar ao ganho de peso. O ferro presente na maqui berry é melhor absorvido graças às concentrações de vitamina C. A natureza equilibrou tudo por nós;

Fósforo: assim como o cálcio faz parte da estrutura óssea, além disso, estimula enzimas da fase 2 do processo de destoxificação hepática, auxiliando na limpeza de elementos tóxicos ao organismo de forma segura;

Cálcio: além de sua importância na formação óssea, diminuindo o risco doenças como osteoporose e osteopenia e o risco de fraturas, atua nos processos de contração muscular e na liberação de insulina, controlando o controle glicêmico;

Zinco: importante na melhora da resistência a insulina e do controle glicêmico, é essencial para a regeneração e crescimento epitelial e produção de ácido gástrico estomacal, importante para que se tenha uma adequada digestão;

Antocianinas: possui ação anti-inflamatória através da inibição de citocinas inflamatórias, ativa enzimas de destoxificação e estimula vias de “queima” de gordura, conhecidas como lipólise e beta oxidação, auxiliando no processo de emagrecimento;

Protoantocianidinas: ação anti-inflamatória, antioxidante, anti-bacteriana e anti-viral, auxiliando no sistema imunológico, impede a lipoperoxidação das gorduras pela ação das espécies reativas de oxigênio (radicais livres), reduzindo o risco de aterosclerose e doenças cardiovasculares.

Quercertina: uma aliada no processo de destoxificação hepática, estimula a glutationa catalase que é uma enzima antioxidante, além de auxiliar na produção de hormônios tireoidianos, responsáveis por controlar nosso metabolismo,

Luteolina: além de ação antioxidante, anti-inflamatória e de estimular as enzimas de fase 2 no processo de destoxificação, atua inibindo a síntese endógena (própria do organismo) de colesterol, podendo evitar a hipercolesterolemia;

Catequinas: possui ação termogênica e também estimula a AMPK (é como se fosse a ‘’chave mestra” reguladora do metabolismo), fazendo com que ocorra mais beta-oxidação e lipólise, duas vias metabólicas que podem resultar em perda de gordura corporal, auxiliando no emagrecimento;

A maqui berry não é tão facilmente encontrada sob a forma in natura, mas pode ser comprada sob a forma de farinha em lojas de produtos naturais.

Pode ser manipulada em farmácias pela prescrição do Nutricionista, além da possibilidade de ser associada a outros fitoterápicos com função similar, podendo otimizar efeitos benéficos dos nutrientes e compostos bioativos presentes!

Marque sua consulta para uma avaliação nutricional e receba seu planejamento alimentar individualizado: (21) 2255-6132 / (21) 99845-6132